5 Elementos que formam o Preço do Milho

2493

Entender quais fatores determinam a formação de preço do milho pode ajudar a se proteger de possíveis oscilações do mercado e garantir maior lucratividades nas suas negociações.

Para te ajudar o especialista de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari separou 5 elementos que formam o preço do milho e influenciam sua comercialização. Se quiser assistir este material em vídeo, clique aqui. É totalmente gratuito.

📰 Para acompanhar, em tempo real, as notícias do mercado do Trigo e outras culturas agrícolas, faça parte do Telegram da Agência SAFRAS. Tudo acontece primeiro por lá!🚨

O que forma o preço do milho

O blog de Safras trouxe uma matéria que fala exatamente sobre como o Mercado exige capacitação para comercializar e entender o preço do milho. Você pode ler na íntegra ao clicar aqui.

Desde 2000, a formação do preço do milho passou a sofrer diretamente com os fatores externos.

1 – Preços Externos – Bolsa de Chicago

Toda commodity detém uma fonte de formação de preços. Como o Brasil é o 2º maior exportador mundial, precisa seguir os preços externos.

Dessa forma, a combinação de preços na Bolsa de Chicago (CBOT) + Prêmios nos postos e Câmbio formam o preço de referência na exportação brasileira.

2 – Sazonalidade interna

A participação da demanda interna na demanda total é superior a 80%. Com isso, o contexto da Oferta e Demanda interna brasileira tem forte influência na composição de preços internos.

Excedentes tendem sempre a atuar na baixa, assim como ajustes de oferta podem provocar altas aleatórias ao mercado internacional.

3 – Clima

A variável clima tem força suficiente para elaborar movimentos de preços. Questões climáticas em produtores/consumidores globais, como China e Estados Unidos, afetam estoques e a formação de preços.

A demanda sozinha não é capaz de gerar grandes movimentos de preços, mas sim os efeitos do clima sobre a produção.

4 – Fatores econômicos e políticos

Variáveis extramercado tem efeitos indiretos sobre a formação de preços. Questões econômicas globais ou locais e indicadores políticos, como eleições, afetam as expectativas seja pelo lado da demanda ou de variáveis como câmbio.

Crises comerciais que envolvam atritos regionais entre exportadores e importadores resultam em consequências nos preços.

5 – Decisões de plantio e comercialização pelos produtores

A decisão em plantar é uma prerrogativa dos produtores e afeta o direcionamento das safras futuras e a formação dos preços.

A decisão de comercialização é uma prerrogativa dos produtores e, seja reter ou acelerar as vendas, também impacta a formação dos preços.

Se você deseja aprender como funcionam os mecanismos de formação de preço e estratégias eficazes para se tornar um negociador de milho bem-sucedido, precisa conhecer o curso Comercialização de Milho e Soja, de SAFRAS & Mercado.