Trigo cobre posições em Chicago e fecha com ganhos significativos

383

    Porto Alegre, 27 de fevereiro de 2024 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços significativamente mais altos. O mercado fechou a segunda alta consecutiva, num momento em que o cenário fundamental é de ampla oferta global e de fraca competitividade dos Estados Unidos no ambiente exportador.

    Segundo analistas consultados por agências internacionais, os investidores deflagraram um movimento de cobertura de posições vendidas ainda na sessão de ontem, diante da proximidade do vencimento do contrato março/24, que demandou este reposicionamento de carteiras.

    O rally, no entanto, perdeu força devido à ausência de notícias concretas que respaldassem o viés altista. Além disso, persistem as preocupações quanto à paralisação parcial de agências do governo estadunidense em meio à busca por recursos para financiamento. O evento poderia comprometer a disponibilidade de dados sobre as lavouras do país, além de atrapalhar as exportações e a procura por empréstimos por parte dos produtores diante da temporada de plantio de primavera.

    No fechamento, os contratos com entrega em maio eram cotados a US$ 5,84 1/4 por bushel, alta de 9,50 centavos de dólar, ou 1,65%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em julho de 2024 eram negociados a US$ 5,86 1/4 por bushel, recuo de 9,25 centavos, ou 1,6% em relação ao fechamento anterior.

Acompanhe a Agência Safras no nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2024 – Grupo CMA