Preços da arroba do boi derretem nas principais regiões produtoras

774

    Porto Alegre, 08 de outubro de 2021 – O mercado físico de boi gordo registrou preços em forte baixa nas principais praças de produção e comercialização do país na primeira semana de outubro. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, muitos negócios foram realizados nestes novos patamares, com quedas mais pronunciadas nas boiadas comercializadas nos estados de Goiás e no Mato Grosso.

    Para o pecuarista, principalmente, o cenário é de muita apreensão, considerando a ausência da China, nosso principal comprador de carne bovina, sem qualquer sinalização de quando esta janela de exportação se reabrirá, apesar do governo brasileiro já ter entregue todos os laudos técnicos exigidos pelas autoridades chinesas após o registro de dois casos atípicos do mal da vaca louca, no início de setembro. Enquanto isso, os frigoríficos seguem optando por operar com maior capacidade ociosa, pulando abates e até mesmo propondo férias coletivas para funcionários.

    Complica ainda mais o lado dos criadores o alto custo da nutrição animal ao longo do ano, assim como o retorno das chuvas, elemento que dificulta o manejo nos confinamentos. “Ou seja, a retenção das boiadas se torna uma opção cada vez menos viável neste ambiente, restando nenhuma outra alternativa a não ser a de vendê-las para os frigoríficos”, assinalou Iglesias.

     Com isso, os preços a arroba do boi gordo na modalidade a prazo nas principais praças de comercialização do País estavam assim no dia 07 de outubro:

* São Paulo (Capital) – R$ 275,00 a arroba, ante R$ 290,00 na comparação com 30 de setembro, caindo 5,2%.

* Minas Gerais (Uberaba) – R$ 275,00 a arroba, ante R$ 293,00 a arroba, caindo 6,16%.

* Goiânia (Goiás) – R$ 260,00 a arroba, contra R$ 280,00 (-7,14%).

* Mato Grosso do Sul (Dourados) – R$ 275,00 a arroba, ante R$ 292,00 (-5,82%).

* Mato Grosso (Cuiabá) – R$ 270,00 a arroba, contra R$ 285,00 a arroba (-5,26%).

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA