Mercado de café deve iniciar semana com poucos negócios no Brasil

605
café

Porto Alegre, 4 de dezembro de 2023 – O mercado físico brasileiro de café deve iniciar a semana com poucos negócios. O referencial nova-iorquino recua mais de 2% neste momento, fator de pressão aos preços domésticos. Já o dólar avança frente ao real. Devido a forte queda em Nova York, os produtores tendem a ficar mais cautelosos e aguardando por um direcionamento mais positivo.

Na sexta-feira (1), o mercado brasileiro de café teve um dia de poucos negócios depois da expressiva alta, em meio a uma forte volatilidade no referencial externo.

Segundo informações da Consultoria SAFRAS & Mercado, os produtores iniciaram o dia aproveitando os preços mais altos, antes que as cotações passassem a cair em Nova York. Com isso, os referenciais internos acabaram se estabilizando e a tarde foi bem mais travada de negócios.

O café arábica bebida boa com 15% de catação ficou em R$ 950,00/955,00 a saca. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 960,00/965,00 a saca.

Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 785,00/790,00 a saca.

O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 695,00/700,00 a saca e o 7/8 em R$ 690,00/695,00.

CFTC

* A CFTC (Commodity Futures Trading Comission) divulgou os números do relatório de compromissos dos traders, com dados até 28 de novembro para o café na Ice Futures US. O levantamento mostrou que os grandes fundos e grandes especuladores apresentavam uma posição líquida comprada (long) de 30.558 contratos, contra 30.334 contratos comprados semana anterior.

* As empresas comerciais, como indústrias, casas corretoras e comerciantes, estavam com uma posição líquida vendida de 32.407 contratos.

* As posições não reportáveis, que representam pequenos especuladores e negociadores locais, indicam uma posição líquida comprada de 1.849 contratos.

* Até a última terça-feira, eram 193.911 contratos em aberto no mercado futuro de café arábica da ICE Futures US, com alta de 4.987 lotes na semana.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março registram baixa de 2,54% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 179,65 centavos de dólar por libra-peso.

* A posição março/2024 fechou a sexta-feira a 184,35 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 0,35 centavo, ou de 0,18%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra alta de 0,23% a R$ 4,8913. O Dollar Index registra alta de 0,07% a 103,33 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam em baixa. Xangai, -0,29%. Japão, -0,60%.

* As principais bolsas na Europa operam mistas. Paris, -0,28%. Frankfurt, +0,05%. Londres, -0,45%.

* O petróleo opera em alta. Janeiro do WTI em NY: US$ 73,62 o barril (-0,60%).

AGENDA

– Inspeções de exportação semanal dos EUA – USDA, 13h.

– Dados de Oferta e demanda de algodão, soja e milho no MT – Imea, 16h.

—-Terça-feira (5/12)

– OCDE: O relatório mensal de índice de preços ao consumidor será publicado pela OCDE.

– Eurozona: O índice de preços ao produtor de outubro será publicado às 7h pela Eurostat.

– O IBGE divulga, às 9h, o Sistema de contas trimestrais referentes ao 3° trimestre, com os dados do PIB do país no período.

– Dados sobre as lavouras do Paraná – Deral, na parte da manhã.

—–Quarta-feira (6/12)

– A FGV divulga, às 8h, o IGP-DI de novembro.

– EUA: O saldo da balança comercial de outubro será publicado às 10h30 pelo departamento do Comércio.

– EUA: A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30 pelo Departamento de Energia (DoE).

—–Quinta-feira (7/12)

<> China: O saldo da balança comercial de novembro será publicado à meia-noite pela alfândega.

<> Alemanha: A produção industrial de outubro será publicada às 4h pelo Destatis.

<> Eurozona: A leitura do PIB do terceiro trimestre será publicada às 7h pelo Eurostat.

– Dados trimestrais de abate no Brasil – IBGE, 9h.

– Levantamento Sistemático de Produção Agrícola de novembro – IBGE, 9h.

– Novo levantamento para a safra brasileira de grãos em 2023/24 – Conab, 9h.

– Dados do setor automotivo do Brasil em novembro – Anfavea, 10h.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Relatório de condições das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, na parte da tarde.

– Dados sobre o desenvolvimento das lavouras no RS – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (8/12)

– Japão: A leitura do PIB do terceiro trimestre será publicada na noite anterior pelo gabinete do governo.

– Alemanha: A versão revisada do índice de preços ao consumidor de novembro será publicada às 4h pelo Destatis.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a novembro serão publicados às 10h30 pelo Departamento do Trabalho.

– Relatório de Oferta e Demanda internacional e dos Estados Unidos em dezembro (WASDE) – USDA, 14h.

– O Imea divulga relatório sobre a evolução das lavouras no Mato Grosso.

Sara Lane (sara.silva@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2023 – Grupo CMA

Acompanhe a Agência Safras no nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!