Dia deve ser mais calmo na soja, com Chicago volátil

157

    Porto Alegre, 18 de maio de 2022 – O mercado de soja deve ter mais um dia calmo de negócios e com preços sob pressão. Após seis sessões de alta, Chicago busca consolidação.

      As perdas predominaram na terça, seguindo a queda de mais de 2% do dólar frente ao real. Os negócios foram limitados, mesmo com a sexta sessão seguida de ganhos em Chicago.

     Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 195,00 para R$ 196,00. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 194,00 para R$ 195,00. No Porto de Rio Grande, o preço caiu de R$ 199,00 para R$ 197,00.

     Em Cascavel, no Paraná, o preço baixou de R$ 190,50 para R$ 188,50 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca recuou de R$ 197,50 para R$ 196,50.

    Em Rondonópolis (MT), a saca caiu de R$ 181,50 para R$ 177,00. Em Dourados (MS), a cotação baixou de R$ 183,00 para R$ 182,00. Em Rio Verde (GO), a saca passou de R$ 177,00 para R$ 176,00.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em julho registram alta de 0,07% a US$ 16,79 1/4 por bushel.

* Após seis sessões seguidas de ganhos, o mercado tem preços mistos, buscando consolidação.

PREMIOS

* Os prêmios de exportação da soja estavam em 138 a 142 pontos acima de Chicago no final da terça no Porto de Paranaguá, para junho. Para julho, o prêmio era de 156 a 160 acima. Para agosto, o prêmio estava em 205 a 220 pontos acima, conforme dados de SAFRAS & Mercado.

* O preço FOB exportação para junho em Paranaguá oscilou entre US$ 667,30 e US$ 668,70 por tonelada, subindo frente ao dia anterior – US$ 657,90 e US$ 659,40.

* A elevação dos preços foi determinada pelos ganhos nos contratos futuros em Chicago, que ontem completaram seis sessões consecutivas. A alta dos prêmios também ajudou a sustentar as cotações nos portos. A perspectiva de retomada das compras chinesas melhorou a atividade nos prêmios e a elevação.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra baixa de 0,22% a R$ 4,932. O Dollar Index registra alta de 0,26% a 103,63 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,25%; Tóquio, +0,94%.

* As principais bolsas na Europa registram índices mais baixos. Londres, -0,24%; Paris, -0,16% e Frankfurt, -0,28%.

* O petróleo opera em alta. Junho do WTI em NY: US$ 115,14 o barril (+2,44%).

AGENDA

—–Quinta-feira (19/05)

– Estimativa de produção de café do Brasil – Conab, 9hs.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (20/05)

– China: A decisão de política monetária do Banco do Povo da China será publicada na noite anterior pelo PBoC.

– Alemanha: O índice de preços ao produtor de abril será publicado às 3h pelo Destatis.

– Relatório de condições das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, na parte da manhã.

– Dados de desenvolvimento das lavouras no Mato Grosso – Imea, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA