Produção e exportação de açúcar batem recordes no Brasil

459
açúcar

    Porto Alegre, 12 de janeiro de 2024 – Segundo a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), a produção de açúcar na segunda metade de dezembro totalizou 235,76 mil toneladas. Essa quantidade, quando comparada àquela registrada na safra 22/23 de 173,83 milhão de toneladas, representa aumento de 35,63%. No acumulado desde 1o de abril, a fabricação do adoçante totaliza 42,05 milhões de toneladas, contra 33,53 milhões de toneladas do ciclo anterior (+25,43%).

O recorde na produção de açúcar também se estende para as exportações do produto que, segundo dados da SECEX, encerrou 2023 com um 31,38 milhões de toneladas embarcadas, o maior valor de toda a série histórica. O pico de exportações ocorreu em dezembro quando 3,85 milhões de toneladas foram comercializadas para o mercado externo.

Diminui volume programado para embarques nos portos

O total de navios que aguarda para embarcar açúcar nos portos brasileiros estava em 73 na semana encerrada em 10 de janeiro, ante 67 na semana anterior (3) de acordo com levantamento realizado pela agência marítima Williams Brasil. Conforme o relatório, foi agendado carregamento de 2,784 milhões de toneladas de açúcar, ante 2,958 milhões na semana anterior.

Pelo Porto de Santos (SP) deve ser carregada a maior parte (2,007 milhões de toneladas). Depois aparecem o porto de Paranaguá, no Paraná 594.502 toneladas), São Sebastião, em São Paulo (61,3 mil toneladas), Recife, em Pernambuco (85.800 toneladas), e Suape, também em Pernambuco (35.200 toneladas). A carga de açúcar a ser exportada consiste da variedade VHP (2,557 milhões de toneladas), TBC (165.300 toneladas) e Refinado A-45 (61,5 mil toneladas). O relatório da agência leva em conta as embarcações já ancoradas, as que estão em largo esperando atracação e ainda as com previsão de chegada até o dia 11 de fevereiro.

Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2024 – Grupo CMA