Plantio segue avançando sem problemas e Brasil encaminha maior safra de soja da história

638
Soja

Porto Alegre, 18 de novembro de 2022 – O início do ciclo da nova safra brasileira de soja indica que o país deverá colher a maior safra da história. Com cerca de 70% da área estimada plantada, as lavouras se desenvolvem bem, com clima favorável à evolução inicial da planta.

A produção brasileira de soja em 2022/23 deverá totalizar 154,53 milhões de toneladas, com elevação de 21,3% sobre a safra da temporada anterior, que ficou em 127,44 milhões de toneladas. A estimativa foi divulgada por SAFRAS & Mercado. Se confirmada, será a maior safra da história.

Em 15 de julho, quando foi divulgado o relatório anterior, a projeção era de 151,5 milhões de toneladas. A elevação sobre a estimativa anterior é de 2%.

SAFRAS indica aumento de 3,7% na área, estimada em 43,74 milhões de hectares. Em 2021/22, o plantio ocupou 42,16 milhões de hectares. O levantamento aponta que a produtividade média deverá passar de 3.038 quilos por hectare para 3.551 quilos.

Foram feitos ajustes finos e positivos, em sua maioria, nas expectativas de áreas a serem semeadas nesta nova temporada em todas as regiões do país. “O aumento da área plantada leva a um potencial produtivo ainda maior do que o estimado inicialmente. Os produtores permanecem focados no clima e nos trabalhos de plantio, que evoluem em todas as regiões”, analisa o consultor de SAFRAS & Mercado, Luiz Fernando Gutierrez Roque.

Argentina

A Argentina deverá cultivar uma área de 16,5 milhões de hectares de soja na temporada 2022/23, ficando 2,5% acima dos 16,1 milhões de hectares cultivados na temporada 2021/22. As informações fazem parte do relatório de novembro do Ministério da Agroindústria da Argentina. Houve um aumento de 1,2% frente aos 16,3 milhões de hectares indicados no relatório de outubro.

A produção da Argentina em 2021/22 foi indicada em 44 milhões de toneladas de soja, 4,3% abaixo das 46 milhões de toneladas colhidas em 2020/21. Não houve mudanças frente ao relatório de outubro.

A semeadura de soja na Argentina atinge 17% da área. Em igual período do ano passado, o plantio estava em 31%. Na semana anterior, o plantio ocupava 9%.

Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA