Descubra o que é hedge e como funciona no agronegócio

14991

No agronegócio, oscilações bruscas impactam os preços das commodities e quem participa deste mercado pode se proteger financeiramente por meio do hedge. 

Ao longo desta publicação, você entenderá o que é hedge e verá, detalhadamente, como ele funciona. 

📰 Para acompanhar, em tempo real, tudo o que influencia o Mercado Agro, faça parte do Telegram da Agência SAFRAS. Tudo acontece primeiro por lá!🚨

Cenário comum no agronegócio

Para aqueles que possuem a commodity na mercadoria física, a alta de preços aumenta a margem de lucro, mas a queda do valor pode trazer prejuízos devastadores.

Por outro lado, para quem pretende comprar a mercadoria, a queda de preços é uma ótima notícia. Já o aumento, significa que terá de pagar mais pelo mesmo produto.

Para combater estes riscos, que podem ser causados pelo clima, variação cambial e flutuações de oferta e demanda, o hedge é uma proteção financeira eficiente para trazer bons resultados aos negócios. 

O que é hedge

O hedge é como uma rede de proteção que pode ser usada tanto em operações físicas, como é o caso de negociações a termo, quanto em operações financeiras, com o uso do mercado futuro, mercado de opções e de OTCs.

Como funciona o hedge

Negociação a Termo

A negociação a Termo fixa o preço físico de forma antecipada entre comprador e vendedor.

As duas partes combinam, com antecedência, o quanto irão pagar e receber pela mercadoria na data futura acertada para a conclusão do negócio.

Mercado Futuro

O hedge baseado em mercado futuro é uma operação financeira. O vendedor ou o comprador da mercadoria física trava o preço do produto em uma Bolsa de mercado futuro.

Se ocorrer queda de preço da mercadoria física, haverá ganho proporcional do mercado futuro e vice-versa.

É assim que um produtor rural pode proteger-se contra a queda do preço físico da soja.

Ele assume uma posição vendida na Bolsa de Futuros e, havendo queda de preços no mercado físico, ele terá ganhos equivalentes no hedge feito no mercado Futuro.

Mercado de Opções

Existe também o Hedge com uso de Opções. Nela é contratado uma espécie de seguro contra a volatilidade de preço físico.

Se o risco de preço da mercadoria na Bolsa é ceder abaixo de determinado valor, utilizamos a Opção chamada de PUT, o seguro pode ser acionado pelo interessado para cobrir suas perdas.

Se o preço na Bolsa ficar acima do patamar estabelecido, então o Prêmio pago pela Opção é perdido, como no caso de um prêmio de seguro não acionado.

Este cenário te parece familiar? Então, o curso “Mercado de Opções de Soja e Milho” é o mais indicado para você aprender técnicas exclusivas e desenhar estratégias para a tomada das melhores decisões na comercialização.

 Acesse este link e saiba como gerenciar risco e aproveitar oportunidades de mercado.

OTCs

Também é comum a montagem de operações estruturadas de proteção, com menor custo e maior facilidade de financiamento.

São as operações OTC, conhecidas como operações de balcão, mais econômicas, eficientes e muito praticadas nos mercados globais de câmbio e commodities agrícolas.

Agora que você já conhece o conceito de Hedge, não se esqueça de avaliar os riscos de seu negócio e planejar uma adequada operação de proteção para ele.

Se quiser se tornar um especialista em hedge, gerenciando todos os riscos das suas operações, precisa conhecer o curso “Trading School de Milho e Soja”. Nele, você saberá se proteger contra os riscos nas oscilações de preços e integrar negócios nos diferentes mercados e ser muito mais competitivo.

Acesse este link e veja com lucrar mais em suas operações de compra e venda.