Mercado de boi tem viés negativo e oferta deve avançar no curto prazo

2758
carne bovina

Porto Alegre, 6 de janeiro de 2023 – O mercado brasileiro de boi gordo registrou uma semana com viés negativo para os preços da arroba em vários estados. De acordo com o analista de SAFRAS & Mercado, Allan Maia, a oferta deve avançar no curto prazo, com a sinalização dos frigoríficos que as escalas estão bem-posicionadas, como é o exemplo de São Paulo, avançando na segunda quinzena do mês.

No restante do país, há unidades em férias coletivas e outras fora das compras. “No geral, o mercado conta com menor liquidez semanal, natural que diversos pecuaristas ainda não retornaram em definitivo para o mercado”, sinaliza o analista.

Segundo Maia, o escoamento da carne perdeu força no atacado após a virada do ano. Um dos principais motivos para o cenário é a carne de frango, concorrente direto, estar apresentando quadro de fragilidade, o que afeta a escolha das famílias na ponta final.

“A evolução da exportação brasileira e atuação da China nas compras também são fatores que os agentes de mercado acompanharão de perto nas próximas semanais”, finaliza Maia.

Exportações

As exportações de carne bovina fresca, congelada ou refrigerada do Brasil renderam US$ 756,468 milhões em dezembro (22 dias úteis), com média diária de US$ 34,384 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 152,798 mil toneladas, com média diária de 6,945 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.950,80.

Em relação a dezembro de 2021, houve ganho de 29,1% no valor médio diário da exportação, alta de 25,9% na quantidade média diária exportada e valorização de 2,6% no preço médio. Os dados são do Ministério da Economia e foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior.

Os preços a arroba do boi gordo na modalidade a prazo nas principais praças de comercialização do País estavam assim no dia 5 de janeiro:

* São Paulo (Capital) – R$ 285,00 a arroba, baixa de 1,72% frente aos R$ 290,00 da semana anterior.

* Minas Gerais (Uberaba) – R$ 285,00 a arroba, baixa de 1,72% frente aos R$ 290,00 da semana anterior.

* Goiás (Goiânia) – R$ 275,00 a arroba, sem alterações frente à semana passada.

* Mato Grosso do Sul (Dourados) – R$ 263,00, recuo de 0,75 frente aos R$ 265,00 da semana passada.

* Mato Grosso (Cuiabá) – R$ 257,00 a arroba, alta de 0,39% frente aos R$ 256,00 semana passada.

Preços registram baixa no atacado

O quarto traseiro do boi foi precificado a R$ 20,60 por quilo, recuo de 0,48% frente ao R$ 20,70 registrado na semana passada. O quarto dianteiro, por sua vez, diminuiu sua cotação em 1,34%, de R$ 14,90 para R$ 14,70.

Acompanhe a Agência Safras no nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!

Pedro Carneiro (pedro.carneiro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2023 – Grupo CMA