Marfrig antecipa para 2025 meta de rastreabilidade total de fornecedores de animais para abate

929
marfrig

Porto Alegre, 1 de dezembro de 2023 – O Programa Marfrig Verde+, lançado em julho de 2020, passa a incorporar uma série de novos programas e iniciativas que aceleram o seu compromisso de estabelecer uma pecuária de baixo carbono, 100% rastreada, livre de desmatamento, inclusiva e mais produtiva e rentável. Nesse sentido, a Marfrig antecipa em 5 anos a sua meta de rastreabilidade total de seus fornecedores diretos e indiretos, na compra de animais para abate em suas unidades, para 2025 em todos os biomas no Brasil.

A empresa também vai implantar uma série de ações visando acelerar o programa, incluindo:

Recuperação e transformação de solos e pastagens

– 100.000 hectares de pastagens degradadas, transformadas em áreas produtivas, através de parcerias públicos-privadas

Restauração ecológica

– 6.000 hectares de florestas nativas restauradas com parceiros de referência, dentre eles re.green

Agropecuária regenerativa

– Intensificação e manejo adequado de pastagens, aumentando a produtividade e evitando a necessidade de supressão de vegetação nativa

Melhoria genética do rebanho com integração

– Parcerias para fornecimento de sêmen, embriões e touros para a sua cadeia de fornecimento

– Redução do tempo de preparação dos animais para o abate, melhorando a qualidade e reduzindo as emissões

– Integração com as fazendas de confinamento MFG Agropecuária, escalando

fornecimento de gado

Tecnologias de medição de carbono no solo

– Geração de créditos de carbono certificados, com rentabilização de toda a cadeia de produção em parceria com a Agrorobótica

Carne baixo carbono e carne carbono neutro certificadas

– Sistemas de integração pecuária-lavoura-floresta, certificados em parceria com a EMBRAPA

Proteção à biodiversidade

– Resgate e reabilitação de animais silvestres no Pantanal em parceria com AMPARA Silvestre

Apoio a pequenos produtores de cria

– Investimento no Programa de Produção Sustentável de Bezerros da IDH – Iniciativa para o Comércio Sustentável.

“Com tudo isso, o Programa Verde+, passa a ser um programa integrado de agropecuária ainda mais inovador, sustentável e de baixa emissão de carbono, reafirmando o compromisso inegociável da Marfrig com a transparência e com a conservação da biodiversidade”, disse a empresa, em comunicado.

As informações partem da Marfrig.

Acompanhe a Agência Safras no nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!

Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2023 – Grupo CMA