Índice de preços ao consumidor da Alemanha sobe 7,9% em maio em base anual

182

     Porto Alegre, 14 de junho de 2022 – O índice de preços ao consumidor da Alemanha subiu 7,9% em maio na comparação com o mesmo mês do ano anterior, e 0,9% em relação a abril, de acordo com dados revisados divulgados pelo Escritório Federal de Estatísticas (Destatis). É a maior inflação registrada desde 1973, segundo o escritório.

     Já o índice harmonizado de preços, que usa a metodologia harmonizada entre os países da União Europeia, o índice ficou em 8,7% em maio em base anual, e em 1,1% em comparação ao mês anterior.

     Os preços de energia (que incluem eletricidade e combustíveis) avançaram 38,3% em maio em base anual. Os preços de alimentos subiram 11,1%. Já os preços dos serviços cresceram 2,9% em maio.

     “A taxa de inflação atingiu um novo recorde na Alemanha reunificada pelo terceiro mês consecutivo. A principal razão para a alta da inflação ainda são os aumentos de preços dos produtos energéticos. Mas também estamos vendo aumentos de preços para muitos outros bens, especialmente alimentos”, disse Georg Thiel, presidente do Destatis. Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA