Custos com farelo de soja e milho para ração podem afetar a avicultura e a suinocultura

1253

A avicultura de corte e a suinocultura correm o risco de disparidade da margem operacional e possível concentração de mercado, assim como o setor de carne bovina (leia mais sobre). No entanto, o grande prejudicado pode ser o granjeiro independente.

📰 Para acompanhar, em tempo real, as notícias do Mercado de Carnes e outras culturas agrícolas, faça parte do Telegram da Agência SAFRAS. Tudo acontece primeiro por lá!🚨

O cerne deste problema está na estrutura dos custos de nutrição animal. Importantes insumos adotados na ração, como farelo de soja e milho, apresentaram uma expressiva curva de alta: preços do milho acima de R$100 por saca e preços da soja também em patamar recorde.

Quer ver quais são as mudanças previstas para o Mercado do Boi? Baixe agora, totalmente grátis, uma análise explicando o ritmo e as perspectivas da comercialização do boi para os próximos meses.

Controle de oferta pode amenizar situação gerada pelos custos de nutrição animal

Esse movimento espreme a margem operacional dos criadores, dando oportunidade para as integrações vinculadas aos gigantes do setor ocuparem novas fatias de mercado. Nesse caso, o antídoto para a crise passa pelo maior controle da oferta.

Na avicultura, seria imprescindível a redução do alojamento de pintos de corte. Para a suinocultura, o abate de animais em menor peso teria um efeito positivo sobre a estrutura de custos.

Basicamente, essas medidas reduziriam o consumo de insumos, o que, por si só, ajudaria no controle dos preços do farelo da soja e do milho.

Além disso, este tipo de medida ajusta o volume de oferta das carnes no mercado doméstico, permitindo movimentos de alta mais consistentes, que, por consequência, aumentariam a rentabilidade.

Para conferir, de maneira mais ampla, quais são os desafios para os próximos anos no mercado da carne, clique aqui.

Agora, se quiser aprender a criar estratégias de comercialização para obter resultados expressivos, conheça o curso Estratégias de Comercialização e Tendências gerais do Mercado de Boi Gordo.