Comercialização da soja avança no Brasil e USDA indica plantio menor que o esperado nos EUA

396

Porto Alegre, 5 de julho de 2024 – A recente alta do dólar frente ao real e a recuperação parcial dos contratos futuros em Chicago favoreceram os negócios com soja no Brasil. Os produtores aproveitaram os repiques e aceleraram as vendas, tanto no disponível como de forma antecipada. No exterior, destaque para os dados de plantio nos Estados Unidos, com área abaixo do esperado pelo mercado.

Segundos dados recolhidos por Safras & Mercado até o dia 5, a comercialização da safra 2023/24 de soja do Brasil envolve 71,8% da produção projetada. No relatório anterior, com dados de 10 de junho, o número era de 64,6%.

Em igual período do ano passado, a negociação envolvia 66,1% e a média de cinco anos para o período é de 76,7%. Levando-se em conta uma safra estimada em 149,7 milhões de toneladas, o total de soja já negociado é de 107,46 milhões de toneladas.

Levando-se em conta uma safra mínima hipotética de 149,7 milhões de toneladas, SAFRAS projeta uma comercialização antecipada de 14,6%. Em igual período do ano passado, a comercialização antecipada era de 11,1% e a média para o período é de 20,6%. No relatório anterior, o número era de 9,9%.

Plantio nos EUA

A área plantada com soja nos Estados Unidos em 2024 deverá totalizar 86,1 milhões de acres, conforme o relatório de área plantada do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado no dia 28 de junho. A previsão indica uma elevação de 3% sobre o ano anterior.

O número ficou abaixo da expectativa do mercado, que era de 86,86 milhões de acres. No relatório de intenção de plantio, divulgado em março, a aposta era de área de 86,51 milhões de acres

No ano passado, os produtores americanos plantaram 83,6 milhões de acres com a oleaginosa. Segundo o USDA, 24 dos 29 estados produtores deverão elevar ou manter o plantio.

Já os estoques trimestrais de soja em grão dos Estados Unidos, na posição 1o de junho, totalizaram 970 milhões de bushels. O volume estocado subiu 22% na comparação com igual período de 2023.

O número ficou acima da expectativa do mercado, de 957 milhões de bushels. Do total, 466 milhões de bushels estão armazenados com os produtores, com alta de 44% sobre o ano anterior. Os estoques fora das fazendas somam 504 milhões de bushels, com alta de 6%.

Dylan Della Pasqua / Safras News

Copyright 2024 – Grupo CMA