Café reverte em NY e declina com valorização do dólar

161

     Porto Alegre, 05 de maio de 2022 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta quinta-feira com preços mais baixos.

     Em uma sessão bastante volátil, em que NY teve ganhos em boa parte do dia, o mercado reverteu para o terreno negativo e fechou com baixa expressiva. A valorização do dólar contra o real e outras moedas foi fator baixista e determinou a reversão.

     A evolução da colheita da safra brasileira, ainda em fase inicial, é fator de pressão sazonal normal sobre as cotações. Nos aspectos técnicos, NY rompeu para baixo a linha de US$ 2,20 a libra-peso.

     Os contratos com entrega em julho/2022 fecharam o dia a 217,25 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 3,55 centavos, ou de 1,6%. A posição setembro/2022 fechou a 217,20 centavos, queda de 3,55 centavos, ou de 1,6%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA