Alta do café em NY pode movimentar preços domésticos

1292
café

Porto Alegre, 7 de dezembro de 2023 – O mercado físico brasileiro de café deve ter uma quinta-feira de negócios mais animados. O referencial nova-iorquino apresenta cotações mais altas, fator positivo aos preços domésticos. Já o dólar opera próximo à estabilidade. Com isso, os produtores tendem a aproveitar o cenário mais positivo em NY para realizar maiores negociações.

Na quarta-feira (6), o mercado brasileiro de café registrou preços mais baixos. Segundo a SAFRAS Consultoria, pela manhã houve alguns negócios a preços melhores ao produtor. Porém, com o tombo sobretudo do arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) as negociações travaram. O dólar fraco no dia contribuiu para a pressão.

O café arábica bebida boa com 15% de catação ficou em R$ 930,00/935,00 a saca, contra R$ 960,00/965,00 anteriormente. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 940,00/945,00 a saca, no comparativo com R$ 970,00/975,00 do dia anterior.

Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 780,00/785,00 a saca, ante R$ 800,00/805,00 de ontem.

O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 695,00/700,00 a saca (R$ 705,00/710,00 de ontem) e o 7/8 em R$ 690,00/695,00 (R$ 700,00/705,00 anteriormente).

ESTOQUES CERTIFICADOS

* Os estoques certificados de café nos armazéns credenciados da Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) na posição de 06 de dezembro de 2023 estão em 234.699 sacas de 60 quilos, com aumento de 5.358 sacas em relação ao dia anterior. As informações partem da ICE Futures.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março registram alta de 1,51% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 177,90 centavos de dólar por libra-peso.

* A posição março/2024 fechou a quarta-feira a 175,25 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 8,50 centavo, ou de 4,6%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra alta de 0,04% a R$ 4,9037. O Dollar Index registra baixa de 0,25% a 103,90 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam em baixa. Xangai, -0,09%. Japão, -1,76%.

* As principais bolsas na Europa operam em baixa. Paris, -0,33%. Frankfurt, -0,26%. Londres, -0,07%.

* O petróleo opera em alta. Janeiro do WTI em NY: US$ 69,75 o barril (+0,53%).

AGENDA

– Dados do setor automotivo do Brasil em novembro – Anfavea, 10h.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Relatório de condições das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, na parte da tarde.

– Dados sobre o desenvolvimento das lavouras no RS – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (8/12)

– Japão: A leitura do PIB do terceiro trimestre será publicada na noite anterior pelo gabinete do governo.

– Alemanha: A versão revisada do índice de preços ao consumidor de novembro será publicada às 4h pelo Destatis.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a novembro serão publicados às 10h30 pelo Departamento do Trabalho.

– Relatório de Oferta e Demanda internacional e dos Estados Unidos em dezembro (WASDE) – USDA, 14h.

– O Imea divulga relatório sobre a evolução das lavouras no Mato Grosso.

Sara Lane (sara.silva@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2023 – Grupo CMA

Acompanhe a Agência Safras no nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!