Açúcar fecha em baixa em NY com desvalorização do real

408

Porto Alegre, 10 de junho de 2024 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações mais baixas.

Os contratos com entrega em Julho/2024 encerraram o dia a 18,63 centavos de dólar por libra-peso, queda de 0,37 centavo (-1,94%) em relação ao fechamento anterior. Outubro/2024 fechou a 18,59 centavos (-1,53%).

Em sessão volátil, os futuros do açúcar bruto perderam força depois que o primeiro contrato superou a linha dos 19 centavos, pressionados pela fraqueza do real ante o dólar, um fator que estimula as exportações do Brasil, maior produtor global do adoçante.

A Organização Internacional do Açúcar (OIA) elevou sua previsão de déficit global de açúcar para a atual temporada 2023/24 (outubro-setembro).

A OIA espera um déficit de 2,954 milhões de toneladas, ante as 689.000 toneladas indicadas no seu último relatório, de fevereiro.

A produção global em 2023/24 foi estimada em 179,270 milhões de toneladas, abaixo da previsão anterior de 179,749 milhões.

O consumo deverá aumentar para 182,224 milhões de toneladas, contra 180,438 milhões de toneladas anteriormente, disse a ISO.

A OIA manteve sua previsão para a produção do Brasil em 44,519 milhões de toneladas, mas acrescentou que as revisões baixistas para regiões incluindo a América do Norte mais do que compensaram estimativas de produção mais altas para a Tailândia e a China.

Com informações da Reuters.

Acompanhe a Safras News em nosso site. Siga-nos também no InstagramTwitter e SAFRAS TV e fique por dentro das principais notícias do agronegócio!

Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) – Safras News

Copyright 2024 – Grupo CMA