Ações da Ásia fecham em alta com Japão renovando recorde

147
ásia

São Paulo, 9 de julho de 2024 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam o pregão desta terça-feira em alta, com Tóquio atingindo um recorde histórico. Isso ocorreu um dia após alguns dos principais índices de Nova York alcançarem novos patamares e enquanto investidores aguardam os comentários de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

O índice Nikkei do Japão subiu 1,96% em Tóquio, alcançando um nível recorde de 41.580,17 pontos, impulsionado pela desvalorização do iene, que melhorou as expectativas de lucro. Na China, os mercados foram impulsionados por ações de montadoras e empresas de semicondutores.

Nas próximas horas, investidores na Ásia e em outras regiões estarão atentos ao primeiro dia de depoimento de Powell no Congresso norte-americano, em busca de pistas sobre a futura trajetória das taxas de juros nos Estados Unidos.

O mercado acompanhará de perto suas declarações em busca de alguma pista sobre quando podem ocorrer os cortes, em um momento em que a probabilidade de que a primeira redução aconteça em setembro está em 73%.

No entanto, os especialistas não acreditam que ele trará muitas novidades e acham que ele se limitará a “defender sua atuação até agora e insistirá que a inflação está sendo controlada e que o mercado de trabalho está se aliviando um pouco”, explicam os especialistas do Bankinter.

Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

Nikkei 225 (Tóquio): +1,96%; 41.580,17 pontos

Hang Seng (Hong Kong): 0,00%; 17.523,23 pontos

Xangai Composto (Xangai): +1,26%; 2.959,37 pontos

Kospi (Seul): +0,34%; 2.867,38 pontos

Larissa Bernardes / Safras News

Copyright 2024 – Grupo CMA