Sinais de boa demanda fazem soja subir mais de 1% em Chicago

126

     Porto Alegre, 19 de maio de 2022 – Os contratos futuro da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quinta-feira com preços em alta. Sinais de demanda aquecida pelo produto dos Estados Unidos garantiram a elevação das cotações.

     O relatório semanal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado pela manhã, indicou vendas líquidas de 902,1 mil toneladas até 12 de maio. O número ficou perto da parte de cima das estimativas do mercado, que variavam entre 200 mil e 1,1 milhão de toneladas. Destaque para a presença da China como principal comprador, sinalizando que o país asiático está de volta à ponta comnprador.

     Os contratos da soja em grão com entrega em julho fecharam com alta de 27,25 centavos ou 1,66% a US$ 16,90 1/2 por bushel. A posição agosto teve cotação de US$ 16,30 1/2 por bushel, com ganho de 23,50 centavos de dólar ou 1,46%.

     Nos subprodutos, a posição julho do farelo fechou com alta de US$ 11,30 ou 2,72% a US$ 425,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em julho fecharam a 79,53 centavos de dólar, com perda de 1,02 centavo ou 1,26%.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA